sexta-feira, 19 de setembro de 2008

A Validade está ao lado do Rótulo!

Demorei um pouco pra atualizar, mas aqui estou eu novamente para contar sobre as minhas "desventuras em série". O incrível é que eu tenho bastante coisa pra contar, mas acho que o vírus mortal da PREGUIÇA acabou me contaminando, mas meus anticorpos travaram uma grande batalha e, portanto, retornei com mais besteiras que nunca!

Deixando toda essa baboseira de lado, vou ao que interessa (Se é que realmente interessa)!

Uma das coisas que mais me irritam são RÓTULOS! Quando eu digo RÓTULOS não estou falando do rótulo da maionese, muito menos do pacote de biscoito! Eu me refiro aos infames rótulos que seres-humanos, que nada mais têm a fazer, gostam de atribuir uns aos outros!

Se você usa dread no cabelo vai ser chamado de Hippie. Se é loira, gosta de grife, cor-de-rosa, cachorro em miniatura e falar ao celular num Shopping Center, você é uma Paty sebosa e fútil; Se você prefere usar bermuda florida, camisa listrada, bota de couro, óculos escuros, ombreira e um colar com a arcada dentária de sua tia-avó Sofia, você é... Você é um ridículo!

Não dá pra negar que o visual, para algumas pessoas, serve como uma identidade. Pessoas com personalidade própria vestem-se de acordo com a esta personalidade!

ESSE É O MEU CASO!

Eu tenho um estilo muito próprio! Gosto de roupa preta, gosto de usar All Star, gosto de cinto com Spike por essa razão ganho o rótulo de roqueiro. Bem, eu escuto rock, pra falar a verdade é o meu tipo de som! Mas não sou um produto pra ganhar rótulo!

Como se já não bastasse os rótulos das pessoas que não curtem (leia, amantes de funk, pagode, axé, que acham que rock é apenas uma gritaria sem importância ou satânica), ainda existem os rótulos no meio da galera que curte Rock (sim, porque se eu os mencionasse como "roqueiros" também estaria colando um rótulo na testa de cada um).

Os Rótulos:

Quando comecei a andar com a galera: Baby Metal!

Quando disse que curtia o som da Pitty eu virei: Modinha!

Quando descobri que o Green Day era uma banda fantástica e com letras idem: Punk de botique!

E quando cortei a franja, adivinhem: Emo!

Bem, a opinião dos outros dificilmente interfere na minha vida!

Outro dia eu procurava um dvd nas lojas americanas, quando notei que um grupinho falava de mim! Bem, como eu estava ouvindo música no último volume e, considerando que a música era mais interessante que os comentários do grupinho, continuei na busca. Porém, num certo momento eu não aguentei e tirei um dos phones do ouvido (isso me irrita um pouco, essa coisa de ouvir música só por um lado) e acabei escutando parte do comentário:

- Usa all star e acha que é roqueiro...

Mas a música estava tão boa que eu recoloquei o phone e preferi voltar a minha atenção para Janis Joplin, trepada numa moto com seus óculos redondos, roupa esquisita e cara de pirada, num cd daquela grande estante.

Não vou negar que depois eu pensei em voltar e detonar o "indivíduo" que me confrontava, mas hoje em dia eu vejo que tudo isso é uma tremenda bobagem. O irônico é que naquele momento eu estava ouvindo uma música das Spice Girls!

Você não é o que você veste! Você não é o que você escuta! Você é o que você é! O que a sua mente ordena que você seja!

Então eu posso andar de preto e ouvir música sertaneja (tá isso não acontece), posso usar roupa de cowboy e me acabar no Heavy Metal (que bizarro), que isso não vai mudar o que eu sou!

Eu sou meu próprio Rótulo!

"Só por que tem cara de maluco, acha é um Diego! Seu Poser!"

Deixando mais um rótulo pra terminar!

18 comentários:

  1. Pois é, rotular uma pessoa é uma forma de anulá-la. Se a gente não tomar cuidado seremos tudo o q nos rotulam e mas no fundo não seremos nada.

    ResponderExcluir
  2. cachimbodosaci@blogspot.com

    No cachimbo do Saci.

    Um blog que satiriza as
    sub-celebridades e Moc!

    ResponderExcluir
  3. Rotulamos e somos rotulados!
    rótulos, rótulos e mais rótulos!

    assim fazemos nosso relacionamentos!

    xD

    http://murilloleal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Caramba, por incrível que pareça, escrevi sobre o mesmo assunto no meu blog.
    Depois dê uma olhada.
    Cansei de ser rotulada de emo, por eu ter um piercing no lábio e meu cabelo ser preto ..

    é tudo um absurdo !

    ResponderExcluir
  5. Sempre somos rotulados e sempre seremos.Isos não irá mudar mas tambem nunca irá mudar o que somos.

    ResponderExcluir
  6. Pode crer cara, odeio muito esses estereótipos que as pessoas criam, cada um é cada um, tem que conhecer a pessoa antes de formar uma opnião.

    O pessoal me rotula muito de vagabundo, sei la por que, só meus amigos mais chegados sabem do meu blog, que é mo culto e num tem nada a ver comigo.

    Curti teu blog.

    ResponderExcluir
  7. Rótulo é puraramente arbitrário, assim como tudo que o homem nomeia.

    É um assunto intrinsecamente semiótico, acredito. O que determinado estilo tem pra ser rotulado como tal? Nada.

    Pura arbitrariedade. O homem em si prórpio é arbitrário.

    Abração, cara!

    E valeu por postar lá no meu blog.
    Vou, sempre que der, dá uma passadinha aqui; gostei bastante. :]

    Abração.

    ResponderExcluir
  8. odeio rotulos tbm!


    voto por arranca-los junto com as roupas

    hUAHuHAUhUHAu


    bjus

    ResponderExcluir
  9. Detesto rótulos! Só pq curto um som pesado (Heavy/Thrash Metal) e não sou muito de papo, meio caladão e tal, já me rotularam de maconheiro, insano, demente...

    Fuck off p/ eles! Só sabem julgar e julgar e julgar os outros e suas atitudes, como se fossem melhores que alguém.

    Nem ligue p/ eles cara: abençoa e segue em frente, como eu costumo falar. Pq é isso que tais pessoas precisam: piedade. afinal, quem dedica uma vida a falar sobre os outros, criticando e tals, precisa de piedade mesmo.

    Grande abraço e fique com Deus.
    ___________________

    Visita o meu? http://horateologica.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. rotular virou a coisa mais normal do mundo já, infelismente...

    ResponderExcluir
  11. voto por arranca-los junto com as roupas

    hUAHuHAUhUHAu [2]

    O Renan sempre com os melhores comentários. =]
    ashushau... beijos

    ResponderExcluir
  12. Acabei de postar mais uma parte da história e ficaria muito agradecida se pudesse ler e comentar.

    http://evangelinescarletangel.blogspot.com/


    Obrigada

    ResponderExcluir
  13. Pois é Diego... assim como vc tbm deixei meu blog entregue às moscas, mas já estou de volta!

    Quanto aos rótulos, também os odeio, mas fazer o que se fazem parte da dinâmica interativa humana, principalmente dos adolescentes?
    Um dia eu era uma menina que ouvia É o Tchan e XuXa

    No Outro eu descobri o Rock,Charlie Brown Jr., Pitty, bandinhas pop e All Star, lá pelos 14 anos.

    Aos 16 conheci o Rap e todo o engajamento social do estilo dos que se dizem excluídos.

    Com 17-18 assumi minha veia forrozeira, me encantei pelas músicas doSeu Luís Gonzaga (meu pai tem um grupo de forró pé´-de-serra...

    Hoje, aos 19 sou ó ecletismo em pessoa, e estou muito satisfeita assim, não recrimino nenhum gosto, e dependendo do humor e da situação encaro na boa quase todo tipo de música...

    Ninguém é igual a ninguém, e é isso que dá charme aos relacionamentos humanos: a descoberta do outro!

    Na minha formação, enfrentamos o desafio de conseguir mudar essa realidade preconceituosa a partir da sala de aula, quem sabe com um pouco de informação e humildade esses jovens (e velhos tbm, que sempre tem uma definição pronta pra todos) não aprendam a respeitar o outro...
    Espero que esta não seja uma luta vã!

    Passa lá em casa!
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Parte da dinâmica da vida.
    Sempre vamos querer entender tudo.Ter o controle de tudo.
    E fica mais fácil se as coisas puderem ser agrupadas.E é claro que o homem com sua infinita sabedoria, faz isso com seus iguais.

    Eu definitivamente não ligo nada para isso.
    Afinal é até útil as informações ficarem visíveis.Só espero contar com um design bem legal.
    Não quero ficar muito tempo na prateleira não.

    Até...

    ResponderExcluir
  15. Oiii
    passando em busca de novidades...
    Atualiza cara!
    Uma boa tarde pra vc...

    ResponderExcluir
  16. Acredito que atos e pensamentos são igualmente importantes!!
    Apesar de que no fim das contas...
    maças bem vermelhas são mais vendidas que maças mais saborosas!

    ResponderExcluir
  17. A sociedade é e sempre será hipócrita. Ignoremos, sejamos felizes e matemos de inveja aqueles que se adaptam ao sistema e se condenam à infelicidade!
    =D

    ResponderExcluir
  18. what bands are good to see for emo hairstyles?
    [url=http://www.emo-hairstyles.info/]emo hair[/url]

    ResponderExcluir