terça-feira, 16 de dezembro de 2008

CAP 1 - A Culpa Foi Sua! (Alice no País do Pop ®)

Quando Alice acordou aquela manhã, estava mais feliz que vencedora de loteria acumulada. Jamais esqueceria do dia em que havia escutado, pela primeira vez, a música da maior boyband de todos os tempos, a “Pop5”, foi no mesmo dia em que havia sido enganada, a sétima vez naquele mês, por um dos seus namorados virtuais, e, abandonada numa velha lanchonete. Lembra de ter se debulhado em lágrimas quando ouviu a música que mudaria para sempre a sua vida. Era a Pop5! Alice limpou o rosto e, para a alegria da garçonete e das demais pessoas do recinto, saiu decidida a ser presidenta do fã-clube da banda. Gastou metade da mesada em cd’s, camisas, pirulitos, mas nada era mais importante que aquele grande show e depois de quatro semanas passando fome, sede e frio, acampada com sua barraca lilás na porta de um estádio de futebol, ela, enfim, realizaria o maior sonho de sua vida. Ficaria frente a frente à Pop5!

Mas as coisas não saíram como imaginara.

Assim que os portões se abriram, uma grande onda, praticamente uma tsunami, de adolescentes tão histéricas quanto Alice, debandaram derrubando quem estivesse na frente, ou seja, Alice!
Foi uma verdadeira aventura conseguir um bom lugar, se é que pode se chamar de bom lugar ficar entalada entre um anão oriental e uma magricela de cabelo ruivo e volumoso.

Quando a banda surgiu no palco, ela esqueceu tudo e sentiu vontade de gritar, mas não podia, o anão pisou em seu pé e o cabelo da ruiva entrou em sua boca, para piorar tudo, uma desesperadora vontade de fazer xixi, apoderou-se da garota.
Ela queria poder pular, dançar, e, acima de tudo, ir ao banheiro. Jurou que nunca mais beberia nada antes de sair de casa, juramento esse que sabia que seria em vão, pois água era um importante ingrediente da nova dieta revolucionária que estava seguindo. A dieta do sol: você só pode comer até o sol se pôr, depois disso, só podia ingerir água. O resultado era que agora se encontrava ali, contorcendo-se, aflita e com ódio de revistas femininas para mulheres gordas e de baixa estima.

Seu conforto era que ninguém a notaria naquele lugar, pois além das luzes malucas e da fumaça colorida, as pessoas preferiam dar atenção a tal da magricela de cabelos rebeldes e ruivos que, naquele instante, arrancara toda a roupa, deixando muito animado o anão de descendência oriental. Um cheiro de desodorante duvidoso tomou o nariz de Alice, estava impossível respirar, nunca esteve numa situação tão desesperadora desde o dia em que pegou seus avós, na cozinha, pelados e cobertos de farinha de rosca, quando tinha oito anos.

Enquanto era jogada de um lado para o outro, para cima e para baixo, Alice tentava cantar a música da banda. Descabelada, ainda sorria. A primeira música havia chegado ao fim e ela ainda estava viva.
Foi neste exato momento que aconteceu o que ninguém esperava: A Pop5 interrompeu o show e anunciou o fim da banda!

Alice sentiu as pernas tremerem, o coração parecia sair pela boca. Num passe de mágica as pessoas começaram a se afastar, o tsunami havia se transformado no mar vermelho e começava a se abrir e, Alice no meio, era como se fosse Moisés!
Os integrantes da banda encaravam a garota. A garota encarava os integrantes da banda. As outras pessoas encaravam a garota e os integrantes da banda. Alice nada entendia.

Os cinco integrantes da Pop5, apontavam para Alice. Ela podia sentir 5 dedos em sua testa.

Ela era a culpada pelo fim da banda!
Aflita, Alice, acabou pro fazer xixi nas calças.

CONTINUA...
"Alice no país do Pop" é um texto de minha autoria que estarei publicando aqui no blog. É um texto registrado em cartório, portanto, pense bem antes de copiar...

25 comentários:

  1. Retribuindo a visita...parabéns pelo blog...super maneiro o texto...

    abração...

    www.olhaquemaneiro.com.br

    ResponderExcluir
  2. Puts cara lendo aki...vc criou o texto...muito bom mesmo....
    e vai continuar ele???

    abraçao

    ResponderExcluir
  3. cara manda la no meu um alerta pra eu continuar a ler a estoria...
    muitu bom parabéns...

    ResponderExcluir
  4. pode me mandar no blog ou se quiser me adicionar no orkut meu perfil é: http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?uid=4911031315364903008

    me add lá...

    ResponderExcluir
  5. Oiiieee vc escreve muiitooo bemmm!!Parabéns, pode deixar que volto aki pra ler o resto da história, parece interessante essa Alice rs
    bejão ;)

    ResponderExcluir
  6. Obrigado pelo comentário, mas devo esclarecer uma coisa: vlte se quiser pelo que leu e não por obrigação sabe... enfim.

    Interessante o texto, mas não sei o por que a pobre heroína acabou com a banda. Mas, Anas Julias sempre rendem boas histórias.

    Abçs,
    Abel

    ResponderExcluir
  7. muito boa essa história...
    espero lembrar de voltar para ler os capitulos que estão por vir.

    ResponderExcluir
  8. Lol


    que texto bacana, gostei do humor e da instigação que o mesmo proporcionou...

    quero ver a continuidade!

    ResponderExcluir
  9. Meio Hardcore mais é maneiro.
    http://balaidenego.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. kkkkkkkkkkk.. vc é tao estranho manooouU.. qr um gardenal ae??? ^^'

    ResponderExcluir
  11. Gostei do texto!
    mais coitada da Alice, fez de tudo pra ver o show da bendita banda e no fim ela é a culpada pelo fim da Banda...rsrsrs mais ainda tem mais coisa né?porque não pode continuar assim, coitada da Alice ser a culpada...haushaushaus(acho que eu meio que entrei nessa história, to curiosa pra saber o que vai acontecer!) =)
    beejos***

    passa lá(si quiser também...)

    http://nathalliaaenrolada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Adorei a história muuuito boa!
    Vc escreve muito bem viu...

    Eu sou fã do RBD, mas não fanatiica assim não, eu até que faria um sacrificiozinho mais nenhuma loucura absurda! hahahaha

    Beijão!

    ResponderExcluir
  13. Muito legal teu blog...criativo e inusitado. Parabéns!

    Pretende ser publicitário...é uma carreira emocionante...vai gostar!

    Obrigada pela visita e pelo comentário!

    Passa lá que tem novo post!

    http://jkdesaltoalto.blogspot.com/

    bjus

    ResponderExcluir
  14. OMG! Estou doida pra fazer o figurino dessa peça!

    Adorei o primeiro cap. da versão conto de "Alice No País do Pop", quero muito ler o resto e morram de inveja vou ler antes de todo mundo... kkk! É ótimo ser namorada do dono do blog!
    Te amo muito Di!
    Sucesso!

    ResponderExcluir
  15. Gostei muito...
    e eu que sempre escrevo sobre dramas, me peguei apaixonado por um texto de comedia..

    hehehhe

    Minha filha se chamará Alice.

    ResponderExcluir
  16. huahuuahuhauuaaahhauuhuahu
    O anão pisou no pe dela e o cabelo da ruiva entrou na boca dela né? Morri.

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde!

    Que imaginação 'valente' garoto!

    A história de Alice, mesmo para adultos, é uma fábula interessantíssima.

    Sua releitura foi brilhante, sabe?

    Gostei da forma como trabalhou o texto, dá vontade de saber: - E agora, oque vai acontecer?

    Vou para a outra postagem, eu quero saber o restante!

    Até!


    http://garotapendurada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Cara muito bom!
    Dei várias risadas aqui...quando Alice vê os avos na cozinha...ahuahauahuahauaha
    Mas enfim vou ler a continuação!
    Parabéns pela criatividade!
    Quando puder me visite:
    http://oitentando.blogspot.com/
    Abraços!

    ResponderExcluir
  19. Tô amando a historia... Juro que se a Britney fizer algo do tipo comigo que eu mato ela e arranco o cabelo dela, apesar de agora ser dela de verdade... aksoaskoaskoas... Enfim, ótima estória!

    ResponderExcluir
  20. huahuah, o começo é promissor! mto bom. aguardo sua visita no http://leiturasmusicais.blogspot.com/

    abraço!

    ResponderExcluir
  21. O Anão pisava nos pés dela rsrsrs
    Cada façanha dessa garota rsrs
    Adorando poder acompanhar!

    ResponderExcluir
  22. Prometido, cumprindo atrasado. x)
    Tive realmente que parar pra ler e entender. O que significa dizer que vou continuar essa leitura louca e divertida xP

    ResponderExcluir
  23. PQP! Puta criatividade. O que será que a Alice aprontou kkkkk

    ResponderExcluir