terça-feira, 31 de março de 2009

Capítulo 5 – Um Artista em Pânico! (Alice no País do Pop ®)


Nesse mesmo instante lembrou-se do que as detentas fazem com novatas na prisão. Não podia ser presa, pelo menos não por roubar um lenço de papel contaminado com vírus da gripe. Correu para a porta, outro alarme disparou. Seguiu para a janela, mais um alarme. Jurou nunca mais pegar nada de ninguém, mesmo que naquele exato momento estivesse tentada com uma toalhinha jogada atrás do sofá. Sentiu que alguém estava chegando.Jogou-se atrás do sofá, guardou a toalha suada e rezou para que na prisão, onde em breve estaria, não fosse lotada de presas com taras estranhas.

Tremia tanto, mas tremia tanto, que sentia o chão tremer também.
Podia ouvir a sirene da policia, parecia mais grossa que de costume, e lembrava algo como Laraxiiiiiiiiiiiiita! Ela estava aflita demais para pensar sobre isso.
Um homem com passos pesados entrou na sala. Um policial?

Com as mãos erguidas, olhos fechados e voz trêmula, Alice saiu de seu esconderijo, gritando para que, por favor não fosse presa, pois não se via casada com uma presidiária careca chamada Trabucão.

Quando abriu os olhos não conseguia entender o motivo de terem mudado o uniforme da polícia. Parecia um pijama de cor lilás. O suposto guarda tinha o rosto pintado de verde, seria camuflagem? Pelo menos as pantufas do Bob Esponja pareciam mais confortáveis.
Ela encarou o guarda, o guarda a encarou.
Viu a ficha cair. Era o Cara!

Sentia-se como Chapeuzinho Vermelho na frente do lobo, vestido de avó.
Onde estava o lindo sorriso? Que toca bizarra era aquela? Aquilo era outro sonho? Aquilo era um pesadelo?

O alarme soou outra vez. O ídolo empurrou a fã no sofá e saiu em busca de algo misterioso. Procurou no chão, no lixo e na boca de Alice, esta ele, estranhamente, chamava de Lara Xita.
Alice nada entendia, mas mantinha-se calada. O Cara, agora, estava em prantos. Chorava pela morte de seus oito filhos, e jurava demitir Alice, ou Lara Xita, pois esta era uma péssima babá.
Tomado por total descontrole, o artista ameaçou se jogar pela janela.

Tudo já tinha chegado ao seu limite. Alice agarrou o Cara pelo braço. Chacoalhou-lhe pelos ombros e lhe deu cinco bofetadas. Minutos depois ele estava bem mais calmo, acomodado no sofá, tomando chá com bolachas.

Toda aquela história de filhos era absurda. Qualquer fã sabia que Cara não tinha filho, muito menos oito. E quem era essa tal de Lara Xita?

Com a serenidade de um idoso oriental, Cara lhe contou tudo. Seus oito filhos, nada mais eram, que oito bichinhos virtuais, cada um de uma cor. Lara Xita era a babá incumbida de criar seus pequeninos de inteligência artificial, além ser sua babá desde os cinco anos.


CONTINUA...

"Alice no país do Pop" é um texto de minha autoria que estarei publicando aqui no blog. É um texto registrado em cartório, portanto, pense bem antes de copiar...

16 comentários:

  1. legal seu blog pelo oque pude ver ateh agora. =]

    nao li seu post, mas tentarei ler deste o cap.1 para entender. =]]


    flws

    ResponderExcluir
  2. Mesmo não temdo lido o resto, ja deu pra rir :) !!!!

    Alice é mesmo muito engraçada!

    Vou ficar te acompanhando.

    Bjsss

    ResponderExcluir
  3. Vou ler o restante, mas só o "Lara Xita" já valeu a leitura! Além de, é claro, o texto enxuto e repleto de referências...POP, é claro!

    abs!

    vote no grooeland :)

    ResponderExcluir
  4. parabens,vc tem talento.as editoras de livros estão procurando blogueiros para sua s publicações

    ResponderExcluir
  5. HAHAHAA
    MAIS UMA VEZ ALICE
    KKKKK BOM
    QUADRINHOS E UM VICIO BOM
    VOLTE SEMPRE
    BJOS

    ResponderExcluir
  6. há, let's go!
    Juro que fiquei ;O quando veio o lance do guarda, quando na verdade era o Cara. uasuash
    Tá, essa parte foi pequena e a Alice nem surtou muito. Mesmo assim tá ótimo!

    ResponderExcluir
  7. muito bom mesmo eu compraria na moral,um livro com esses assuntos,

    alias Hag

    vc é convidado da semana que vem para postar a vontade e invadir o humilde espaço
    Contemporâneo & Indiscreto

    http://contemporaneoeindiscreto.blogspot.com/

    Parabens pelo blog,espero uma boa ptroca de figurinhas.so pra lembrar de mim fui eu quem passei o trote de 1º de abril,que inclusive o jo soares curtiu shaus flw manin!

    ResponderExcluir
  8. Opa, vou ter que fazer um review dos 4 capitolos antes de opinar pelo 5º, mas...

    Continue investindo no seu sonho! Abç

    ResponderExcluir
  9. Eiii, eiii, eu adoreeei isso aquiii!

    Sééériooo!

    Putamerda, muitooo bom!

    Eu adoro quando vou naquela comunidade do Orkut e acho coisas interessantes assim!

    A gente pode se seguir? Trocar links? Aporratoda?

    Muitooo bom.

    Eu senti um "quê" de sarcasmo no texto... Isso é fato?

    Pantufas do Bob... Eu gostaria.

    Passa lá, postei agora: http://espelhoinverso.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Você esvreve muito bem e está certo em registrar o texto em cartório, hoje em dia o plágio está brabo!!!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  11. criativo, engraçado, viajado...
    parabens!

    http://sasdelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. eu gostei
    vo le o restante

    se puder
    http://sonabrisa.nomemix.com/

    ResponderExcluir
  13. Certo. Já está linkado, moço.

    Voltarei sempre!

    Cheiros.

    http://espelhoinverso.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. gostei do blog ^^
    o layout é realmente um dos mais legais que eu já vi =D

    Parabéns ^^

    Abraços

    ResponderExcluir
  15. muito bom seu post irmão,parabéns,será um prazer voltar e ler aos demais.....passa lá no meu,você vai se amarrar......abraços e até mais.
    boa sorte

    ResponderExcluir